Danças e cantos Taoistas

 

Dançar e cantar é honrar nossos ancestrais, é um aspecto natural que fazemos desde crianças, em especial as danças em roda e espiral, e fazem parte das expressões mais altas do nosso ser. Alguém que não dança e não canta não pode compreender os fluxos do universo nem compreender o seu papel na vida, pois está desalinhado com os princípios naturais de tudo o que existe.

Existem danças e cantos específicos e que possuem funções bem definidas e até ritualísticas, que servem para fortalecer o corpo e o espírito, nos relembrar de algo e até ensinar algo, possuem o poder de curar, de limpar a timidez e de trazer harmonia ao nosso ser.

Há também as práticas chamadas de espontâneas e as práticas individuais de poder que são os cantos e danças que surgem de dentro do nosso coração e são particulares, podem ser ensinadas a outras pessoas ou guardadas só pra si.

Por fim, existem os cantos e danças que são ensinados diretamente através das estrelas, a maioria deles são secretos e são práticas de um poder ímpar.

Desenvolver a própria ritualística e aprender a cuidar de si mesmo inclui possuir suas próprias danças e os próprios cantos, se liberar significa ser o que se é com amor para curar as feridas da alma, e depois, dissolver-se.