Po Wa -  Voo para as estrelas

 

Po Wa significa literalmente: quebrando o telhado, dentro do taoismo comumente é utilizado como um termo referente a mudança do nível de consciência.

O divino está nas alturas, na luz das estrelas, no amor derramado a todo instante sobre todos os seres sem distinção, mas a vida não é um presente dos céus, e se ela não for cultivada da forma correta, se perde, e então é preciso todo um trabalho cansativo para que se possa ter outra chance.

Os seres divinos não estão acima de nós, nada que existe no mundo manifesto está acima ou abaixo, mesmo que um ser possa ter mais poder do que o outro, isso não o torna melhor que outro ser.

As estrelas brilham e nos levam para grandes viagens quando conseguimos brilhar a nossa luz unida a luz delas, esse processo é chamado de "corporificação" e é diferente de incorporação. Na incorporação as entidades utilizam o nosso corpo para trabalhar, na corporificação, os seres divinos nos guiam e nos mostram coisas que precisamos melhorar na nossa vida e no nosso caminho que muito dificilmente compreenderíamos sozinhos.

 

Todas as pessoas podem se desenvolver e voar para as estrelas, mas isso não é o Tao.

 

Em Po Wa também podemos conhecer mais sobre o mundo invisível, e ter acesso ao grande conhecimento luminoso universal, que é muito diferente da erudição humana. De forma geral, toda a intelectualidade acadêmica que possuímos não passa de apego para saciar o sofrimento da mente, e os saberes cósmicos de nada tem a ver com linguajar rebuscado e com conceitos complicados e cheios de amarras.

 

A verdade é simples, e as forças universais nos levam a conhecer o poder e o amor que existe em todas as coisas, e que muitas vezes falta na nossa vida.

 

Além disso, uma vez a cada três meses fazemos o "grande banimento dos espíritos" para auxiliar as inteligências presas aqui a poderem retornar para casa e encontrarem um caminho para de novo tornarem-se carne, até que em algum momento não precisem mais trabalhar na forma densa e possam se unir as estrelas no céu, ou se dissolverem no Tao.

 

O trabalho com Po Wa começa durante a iniciação de Kan e Li I.